dor de cabeça frequente

Dor de cabeça frequente: o que pode ser?

Você apresenta quadros de dor de cabeça frequente, mas não sabe ao certo o que isso pode significar? Neste artigo, falaremos um pouco sobre algumas das possíveis razões para essa situação.

Vale lembrar o seguinte, no entanto: não é seguro fazer o autodiagnóstico, tampouco buscar maneiras de se automedicar. Se você tem sentido dores ou percebido alterações no seu organismo, solicite auxílio médico.

O que causa dor de cabeça frequente?

Pessoas que têm problemas para dormir podem apresentar dores de cabeça com certa regularidade. Da mesma forma, indivíduos que utilizam o grau incorreto nos óculos, estão submetidos a altos níveis de estresse, trabalham em locais muito barulhentos ou lidam diariamente com estímulos visuais podem apresentar cefaléia de forma mais do que ocasional.

Outras causas possíveis de dor de cabeça frequente incluem:

Enxaqueca

Costuma afetar apenas um dos lados da cabeça, mas alguns indivíduos podem sentir dores em ambos os lados. Manifesta-se por meio de “pulsações” de dor e pode ter duração variável. Há quem tenha crises que duram três dias, por exemplo, enquanto outros indivíduos têm crises de apenas algumas horas.

Pessoas com enxaqueca também podem apresentar náuseas fortes, vômitos e sensibilidade a estímulos.

O tratamento é medicamentoso e deve ser feito após diagnóstico médico. Como se pode imaginar, a enxaqueca pode causar prejuízos profissionais e pessoais de grande porte.

Cefaleia tensional

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia, cerca de 38% a 74% dos indivíduos brasileiros sofrem com esse incômodo, que manifesta-se por meio da sensação de “aperto” ao redor da cabeça. Pode ser leve ou grave.

Está associada a má postura durante longos períodos de tempo, rotinas estressantes, excesso de preocupações, tensão muscular, dificuldades para dormir, estresse, ansiedade, ausência de lazer. Como se pode ver, faz sentido que esteja presente na rotina de diversos trabalhadores.

Aneurisma cerebral

Dores fortes, que surgem de repente e promovem náuseas, enjoo e vômitos podem indicar a presença de um aneurisma cerebral.

Dores no pescoço e nos olhos e visão dupla também são sinais de perigo. Assim, qualquer situação do gênero deve ser imediatamente levada à atenção de um médico responsável.

Cefaleia em salvas

Trata-se de um quadro clínico onde o indivíduo apresenta crises de episódios frequentes, os chamados períodos de salvas, onde há dor de cabeça forte. 

A cefaleia em salvas caracteriza-se por períodos de dor intensa, que podem durar de duas semanas a meses, seguidos por períodos de remissão. Durante o tempo de remissão, é possível que o indivíduo não sinta nada por anos.

A dor costuma ocorrer em um dos lados da cabeça. Olhos vermelhos e secreção ocular e nasal também são sintomas.

Para tratar o problema, pode-se utilizar medicamentos múltiplos. Novamente, o diagnóstico médico preciso é necessário.

Sinusite

Inflamação que ocorre na mucosa dos seios da face, pode ser engatilhada por quadros alérgicos, resfriados ou causada por alguma infecção. 

Acompanha dores de cabeça que podem ser leves ou fortes, dores na face, secreção constante e congestão nasal. Indivíduos com sinusite também podem apresentar fadiga e dores no corpo, em especial quando  há a presença de algum outro quadro médico.

Quer saber mais sobre dor de cabeça frequente? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como neurologista em Porto Alegre

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp