avc isquêmico

AVC isquêmico e hemorrágico: entenda a diferença

Você sabe quais são as semelhanças e diferenças entre o AVC isquêmico e o hemorrágico?

Neste artigo, falaremos um pouco mais sobre este tema, auxiliando as pessoas que estão em busca de compreender um pouco mais sobre as minúcias do AVC e o que pode ser feito a respeito. Se você se interessa por essa questão, prossiga.

O que é AVC isquêmico?

O AVC isquêmico, também chamado de acidente vascular cerebral isquêmico, ocorre quando há obstrução de uma artéria, impedindo que as células cerebrais sejam alimentadas com oxigênio. Quando isso acontece, há a morte das células, em um processo que chamamos de isquemia.

Existem cinco tipos de AVC desta ordem isquêmico. São estes:

Lacunar

Mais comum em indivíduos que possuem hipertensão, é um AVC que ocorre quando há a formação de trombos em pequenos vasos.

Cardioembólico

Normalmente causado por doenças cardiovasculares, ocorre quando o agente causador do derrame cerebral parte do coração.

Aterotrombótico

Causado pela aterosclerose, uma doença responsável pelo surgimento de placas nos vasos sanguíneos de maior porte. Quando isso acontece, há a formação de êmbolos ou o entupimento do vaso.

Criptogênico

Considera-se um AVC isquêmico criptogênico aquele que não teve as suas causas determinadas, mesmo após extensa observação e pesquisa médica.

AVC de outra etiologia

Atinge aos indivíduos mais jovens e pode se estar relacionado a distúrbios de coagulação sanguínea. 

Os fatores de risco para o surgimento de um AVC do tipo isquêmico são:

  • Colesterol alto;
  • Obesidade e presença de diabetes tipo 2;
  • Uso de drogas (incluído o álcool excessivo e o tabagismo);
  • Idade avançada;
  • Hipertensão;
  • Presença de doenças cardiovasculares.

Os sintomas incluem: perda de força em um dos lados do corpo, desequilíbrio, tontura, alterações no campo visual, dificuldade para compreender palavras de terceiros, problemas para criar frases ou definir pensamentos, dormência de um lado do corpo e também paralisia facial.

O que é AVC hemorrágico?

O AVC hemorrágico, por sua vez, dá-se pelo comprometimento de uma ou mais artérias do cérebro. Dizemos que o AVC é do tipo hemorrágico quando o indivíduo vivencia o rompimento de um vaso cerebral, o que gera sangramento em algum ponto do cérebro.

Tem diversas causas, embora a mais comum seja a existência de um quadro de pressão alta crônica. Outras causas incluem:

  • Hemofilia;
  • Tratamento radioterápico para o cérebro;
  • Doenças degenerativas dos vasos sanguíneos;
  • Aterosclerose;
  • Inflamação nos vasos sanguíneos;
  • Doença de Lyme;
  • Infarto agudo do miocárdio.

Os fatores de risco incluem: obesidade, uso descontrolado de álcool e drogas, diabetes, hipertensão, sedentarismo.

Esse tipo de situação é mais comum em pessoas de idade avançada e pode acometer uma série de indivíduos da mesma faília.

Quais são os sintomas do AVC hemorrágico?

  • Dores de cabeça fortíssimas;
  • Paralisia de um dos lados do corpo;
  • Dificuldade para produzir frases, assim como problemas para mexer a boca, compreender e emitir significados e articular sons;
  • Dormência na região do rosto e em um dos lados do corpo;
  • Sonolência;
  • Perda ou alteração do campo visual.

Qualquer alteração abrupta de comportamento deve ser levada à atenção de um médico responsável imediatamente. Quanto mais cedo foi feito o diagnóstico,  maiores são as chances de sequelas menores e de sobrevivência do paciente.

Quer saber mais sobre AVC isquêmico? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como neurologista em Porto Alegre

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp